Inicio / Análises / Análise Berserk 354 – Despertar

Análise Berserk 354 – Despertar

No final do capitulo passado Shirke e Farnese haviam se deparado com o ultimo fragmento da memória de Casca, é uma criatura que parece com um Demónio ou um Feto, talvez um feto demoníaco kkk. ‘Elas ainda não sabem ao certo o que é aquela criatura, quando Shierke lembra-se de já ter vislumbrado aquele cenário quando esteve na berserker, com a alma de Gutts, ela o acompanhava em espirito, ela pressupõem que da-li em diante o que verão será assustador, sem perder tempo ela balança seu cajado em direcção ao feto (demónio), logo são arrebatadas dali, indo diretamente ao epicentro de toda aquele mundo de sonhos o eclipse.Podemos perceber que lá está a mão de deus e um mais ao centro se encontra a lua, tudo isso envolto de inúmeros de cadáveres, e ainda rodeados por vários e vários “apóstolos”, esse com certeza é o ápice do bloqueio mental de Casca, e da raiva insana de Guts. Como Shierke havia dito ali não é um local onde queria estar novamente. os desenhos de Miura expressão bem isso, não deixam nada a desejar, mas ainda assim é preciso de usar um pouco a imaginação para realmente sentir aquilo que ele deseja mostrar de maneira com que de todo o ênfase necessário que o impacto do Eclipse é, vou tentar ajuda-los, “imaginem um cheiro fétido de sangue, com restos humanos, pele e rostos de seres humanos em sangue, sem contar a sede assassina e sanguinária dos demônios, que incessantemente tentam comer sua “presa” os humanos nada mais são do que pedaços de carne, quando ainda possuem o estigma essa carne se torna como uma verdadeira droga para eles. Imaginemos o desespero que é presenciar essa tremenda calamidade, onde as pessoas que conviveram vários momentos contigo, dividiram sorrisos, vitórias e derrotas, estão sendo despedaçados um a um, diante de tamanha atrocidade, você percebe como é fraco e indefeso ,em seu universo que antes nem existiam tais criaturas, é virado de ponta cabeça, o que é e o que era não é mais, tudo que resta é vontade de sobreviver, que logo é esmagada, por um inferno de sangue, agora seu único desejo é morrer, para não ver mais aquilo”.  Espero ter ajudado, a ideia que tenho sobre o eclipse  é essa, em um cenário catastrófico, um cenário desolador se ergueu nosso querido Fento, que usou de todas as formas para realizar sua ambição. Voltemos ao mangá, diante desta situação não é difícil imaginar que não somente o corpo mas também a alma de casca entrou em colapso depois de testemunhar tamanha insanidade, horror e morte. Falando em alma devemos considerar que em muitas crenças onde temos o conceito de “alma” geralmente esta é imortal e eterna. Miura faz questão de mostrar que ela teve sua alma despedaçada, penso eu que por se tratar de demônios(apóstolos e a mão divina) realmente da pra imaginar que eles teriam a capacidade de tal feito, um verdadeiro inferno na terra vivido pelo bando do Falcão.

Depois de verem o Eclipse e terem uma ideia do que a transformou em uma pessoa praticamente sem nenhum senso de realidade, vemos a alma dela sendo fragmentada,  então a memória começa a se desfazer e se transformando em um coração envolto de espinhos do que se parece o ramo de uma roseira (isso com certeza tem um significado oculto, mas minha mente é incapaz de perceber por hora, mas prestem atenção nestes detalhes), eles querem devolve-lo a boneca que esta no caixão, Shierke e Farnese estavam a discutir os sentimentos de Casca e se aquela realmente seria a sua vontade, será que ela iria querer recuperar as memórias?!?Mas sem dar trégua o falcão aparece e voa até elas para ataca-los, mas O lobo o intercepta ferozmente, aparentemente muito machucado pois sangue se esvai pelas frestas da armadura, mas então eles devolvem o coração para o peito da Boneca, um pouco antes do falcão tentar mais uma investida. A boneca está finalmente completa, o que me faz lembrar do início da jornada ao encontrar o primeiro fragmento, então a mini casca entra em uma porta na boneca, tudo desaparece, restando apenas a boneca e o lobo daquele universo de sonhos. As amigas também estão ali, e então o Lobo começa a uivar e, a boneca se transforma em algo como pétalas de flores que desaparecem no ar, “depois da noite sombria, sempre vem o lindo e claro amanhecer”.E na última página temos a Casca despertando, com um olhar ainda confuso mais totalmente diferente de quando estava sem memória, com certa convicção da realidade.

E aí quem será essa nova Casca que acabou de despertar, o que será agora de todos que ali se mobilizarão para fazer essa expedição? Qual será o próximo passo de Guts?? Ficam essas e inúmeras questões para o próximo capitulo.

Sobre Grimmjow

Nothing is true everything is permitted, we work in the dark to serve the light.

Confira Também

Análise Berserk 352 – Lobo vs Falcão

O capitulo começa com Schierke e farnese olhando para o que seria um fragmento do apocalipse, …